LIGA PORTUGUESA DE PROFILAXIA SOCIAL: CAMPANHAS HISTÓRICAS DE SAÚDE PÚBLICA

17-12-2016

Através do Museu da Saúde, pode conhecer algumas das importantes campanhas de saúde pública promovidas quer pela Liga Portuguesa de Profilaxia Social, quer por outros países do mundo.

A representar as diferentes campanhas, um conjunto de imagens, gentilmente cedidas pela LPPS, e que dizem respeito a posters usados em iniciativas (da Liga e de entidades deoutros países), e que integram o valioso património histórico daquela instituição.

A Liga Portuguesa de Profilaxia Social (LPPS) iniciou a sua actividade em 1924, numa época marcada por graves problemas de saúde pública como, por exemplo, a sífilis, a tuberculose, o tétano e o alcoolismo. Foi fundada por médicos, o Dr. António Emílio de Magalhães, o Dr. Cândido Henrique Gil da Costa e o Dr. Veiga Pires (este terceiro afastou-se do projecto, logo numa fase inicial), os quais deram início a um conjunto de intervenções, visando a prevenção de doenças de considerável impacto social nas diferentes épocas.

CAMPANHA DE COMBATE AO PÉ-DESCALÇO

Uma das mais longas e trabalhosas campanhas da LPPS (1927-1965), em que foi necessário vencer os obstáculos que foram surgindo no seu percurso, tais como: a resistência passiva das populações, arreigadas a tão pernicioso hábito, através de seculares gerações, a ignoráncia do perigo e da gravidaded de tal hábito, a cumplicidade das autoridades, baseada na errada conclusão de que se tratava apenas de um problema económico.

POSTERS

CAMPANHAS CONTRA A SÍFILIS E OUTRAS DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS

No início da década de 30 foram desenvolvidas importantes campanhas de prevenção das doenças sexualmente transmissíveis. Na época, a sífilis tinha grande expressão, tanto em Portugal como noutros países do mundo. As imagens apresentadas referem-se a a campanhas desenvolvidas a nível nacional e noutros países, como a Argentina, a França e o Luxemburgo.

POSTERS

Campanhas Contra a Falta Higiene A falta de higiene dos serviços de restauração, de ruas e outros locais públicos estiveram por detrás de campanhas desenvolvidas pela LPPS, visado a adopção de comportamentos e atitudes cívicas. Associadas a esta problemática da falta de limpeza, a profusão de moscas responsáveis pela transmissão de doenças.

POSTERS

imagem do post do LIGA PORTUGUESA DE PROFILAXIA SOCIAL: CAMPANHAS HISTÓRICAS DE SAÚDE PÚBLICA