Instituto Ricardo Jorge coordena programa de apoio à resposta de saúde nos PALOP

12-02-2024

O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) é o responsável pela operacionalização do novo programa de apoio à resposta de saúde nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP). Denominado Força Saúde, o projeto tem como objetivo fortalecer a aliança entre os sistemas de saúde africanos e português através da capacitação de recursos humanos, e será implementado em Portugal e nos PALOP (Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe), entre janeiro de 2024 e dezembro de 2026.

Cofinanciado pelo Instituto Camões, o programa visa ainda contribuir para a resiliência dos serviços de saúde dos PALOP, tendo por base o fortalecimento da atuação dos respetivos Institutos Nacionais de Saúde (INS), contribuindo para o reforço da Segurança Global através da capacitação dos recursos humanos na área da saúde. O INSA terá como funções a gestão técnico-científica e financeira do projeto, assim como a execução das atividades e iniciativas previstas, quer ao nível dos conteúdos formativos quer na organização logística.

Neste sentido, serão desenvolvidos procedimentos e metodologias comuns que beneficiem o trabalho em rede como, por exemplo, a introdução de novas ferramentas de vigilância epidemiológica e laboratorial, o aumento da eficiência e sustentabilidade da capacidade de avaliação e a resposta aos desafios impostos pelos efeitos das alterações climáticas, resistência antimicrobiana, através de um maior incentivo às colaborações transnacionais.

Com um total de 25 atividades e cerca de 150 iniciativas previstas, o projeto Força Saúde terá como principal foco a capacitação de recursos humanos e a transferência de metodologias mais avançadas, que poderão ser utilizadas nas atividades diárias asseguradas pelos INS. As formações serão realizadas em diferentes formatos, passando por estágios de formandos dos PALOP no INSA e formações presenciais de curta duração do INSA nos vários PALOP, além da realização de formações online e b-learning, webinars e congressos.

imagem do post do Instituto Ricardo Jorge coordena programa de apoio à resposta de saúde nos PALOP