Diretor-Geral de autoridade europeia de preparação e resposta a emergências de saúde pública visita Portugal

13-05-2022

O Diretor-Geral da Health Emergency Preparedness and Response Authority (HERA), uma nova agência da Comissão Europeia responsável pelo fortalecimento da segurança da saúde no espaço da União Europeia (UE) e pela preparação e resposta dos seus Estados-membros a crises de saúde pública, esteve em Portugal nos dias 12 e 13 de maio para uma reunião técnica com instituições e representantes de várias áreas ministeriais. A visita de Pierre Delsaux teve como objetivos um maior conhecimento da realidade nacional e discutir oportunidades de colaboração para reforçar a capacidade de Portugal em tempos de crise.

Durante os dois dias de visita, foi promovida a partilha de conhecimento e de informação entre a HERA e os parceiros e instituições de saúde nacionais, com vista ao entendimento, por um lado, da missão, objetivos e atividade desta nova autoridade europeia e, por outro, da realidade de Portugal em matéria de preparação e resposta a ameaças de saúde pública, com especial enfoque no setor da saúde ao nível dos sistemas de informação, da gestão de stocks e da investigação e desenvolvimento, bem como das estruturas de interação com a indústria e da cooperação bilateral com outros países.

Na ocasião, mais concretamente no segundo dia desta reunião técnica, que decorreu nas instalações do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), houve ainda oportunidade para uma visita da comitiva da HERA ao Departamento de Doenças Infeciosas do INSA, em particular ao Núcleo de Bioinformática e à Unidade de Tecnologia e Inovação, responsáveis pela estratégia de monitorização e vigilância da diversidade genética do SARS-CoV-2 e pela sua sequenciação genómica em Portugal, e que viram a sua capacidade de trabalho reforçada depois de financiamento específico atribuído por esta entidade.

Em fase de operacionalização desde janeiro de 2022, a HERA encontra-se a realizar um conjunto de visitas aos Estados-membros da UE para, por um lado, familiarizar os parceiros e instituições de saúde nacionais com as suas atividades e, por outro, conhecer a realidade de cada país em matéria de preparação e resposta a ameaças de saúde pública, bem como a missão das instituições públicas de saúde e a coordenação entre as mesmas. A visita a Portugal foi preparada pelo INSA, pelo Infarmed e pela Direção-Geral da Saúde e teve como participantes diferentes parceiros de variados setores e representantes do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, do Ministério da Defesa, do Ministério da Administração Interna e da Direção Geral de Assuntos Europeus do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Prevenir, detetar e responder de forma rápida a emergências de saúde. São estes os grandes propósitos da HERA, a autoridade criada pela Comissão Europeia para tornar o espaço da UE mais preparado para antecipar ameaças e potenciais crises de saúde pública, através da recolha de informação relevante e e do fortalecimento dos sistemas de resposta necessários. Perante uma situação de emergência, a HERA será responsável pelo apoio ao desenvolvimento, produção e distribuição de medicamentos, vacinas e outras contramedidas médicas (como dispositivos médicos e equipamentos de proteção individual, entre outros), bem como pelo apoio à investigação e desenvolvimento tecnológico nas áreas anteriormente referidas.

imagem do post do Diretor-Geral de autoridade europeia de preparação e resposta a emergências de saúde pública visita Portugal