Artigo: Monitorização da composição nutricional de alimentos prontos a consumir para pequeno-almoço e lanche, com relevância para crianças em idade escolar

20-06-2022

O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), através do seu Departamento de Alimentação e Nutrição, efetuou um estudo com o objetivo de monitorizar dados relativos à composição nutricional de alimentos prontos a consumir, relevantes para crianças em idade escolar. O trabalho realizado teve por base a rotulagem obrigatória das categorias de alimentos, iogurtes, cereais de pequeno almoço e barras de cereais disponíveis no mercado português em 2021.

Comparando os valores obtidos com as metas preconizadas pela Estratégia Integrada para a Alimentação Saudável para 2020, verificou-se que 24% dos iogurtes, 10% dos cereais de pequeno almoço e 5% das barras de cereais, têm teores de açúcar iguais ou inferiores ao recomendado e que 49% e 33% dos cereais de pequeno almoço e barras de cereais, respetivamente, têm teores de sal abaixo do máximo desejável. Foram determinados parâmetros estatísticos para os componentes energia, lípidos, ácidos gordos saturados, hidratos de carbono, açúcares, fibra proteína e sal.

A obesidade é a doença de origem nutricional mais prevalente a nível mundial e tem na sua génese, em mais de 96% dos casos, fatores comportamentais, nomeadamente estilos de vida obesogénicos. Em 2019, cerca de 29,6% e 12% das crianças portuguesas apresentavam excesso de peso e obesidade, respetivamente, de acordo com o sistema europeu de vigilância nutricional infantil Childhood Obesity Surveillance Initiative (COSI).

“Monitorização da composição nutricional de alimentos prontos a consumir para pequeno-almoço e lanche, disponíveis no mercado português em 2021, com relevância para crianças em idade escolar” foi publicado no Boletim Epidemiológico Observações, publicação científica periódica editada pelo INSA em acesso aberto. Para consultar o artigo de Andreia Lopes, Paulo Fernandes, Roberto Brazão, Sidney Tomé e Maria Graça Dias, clique aqui.

imagem do post do Artigo: Monitorização da composição nutricional de alimentos prontos a consumir para pequeno-almoço e lanche, com relevância para crianças em idade escolar