Seminário Ricardo Jorge “Estudo e_COR – Prevalência de Fatores de Risco Cardiovasculares na População Portuguesa”

09-01-2020

O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge promove, dia 4 de fevereiro (14:30), no seu auditório em Lisboa, um seminário sobre doenças cérebro-cardiovasculares (DCV). Na ocasião serão divulgados os resultados do estudo e_COR, desenvolvido pelo Departamento de Promoção da Saúde e Prevenção de Doenças Não Transmissíveis (DPS) e que teve como objetivo estabelecer a prevalência dos principais fatores de risco de DCV na população portuguesa.

Intitulado “Estudo e_COR – Prevalência de Fatores de Risco Cardiovasculares na População Portuguesa”, o seminário contará com a apresentação de Ana Catarina Alves, investigadora do DPS, e comentários de Diogo Cruz, subdiretor-geral da Saúde. A sessão, que será transmitida por videoconferência para o Centro de Saúde Pública Doutor Gonçalves Ferreira, no Porto, contará ainda com a moderação de Mafalda Bourbon, investigadora e coordenadora da Unidade de Investigação e Desenvolvimento do DPS. O evento tem participação gratuita, mas carece de inscrição prévia.

As DCV são um importante problema de saúde pública a nível mundial sendo responsáveis por uma elevada taxa de morbilidade e mortalidade. Em Portugal, não obstante o decréscimo verificado nos últimos anos, as DCV continuam a ser a principal causa de morte e a esperança de vida saudável aos 65 anos de idade é inferior à média europeia. Estas doenças atingem homens e mulheres, de todas as nacionalidades e estratos económicos, principalmente em idades produtivas, contribuindo para um aumento drástico dos custos nos cuidados de saúde e, consequentemente, da economia em geral.

As DCV têm na sua maioria uma base aterosclerótica, envolvendo as artérias cerebrais, cardíacas e a circulação periférica. O processo de desenvolvimento da aterosclerose é complexo e está associado a múltiplos fatores de risco que podem ser modificáveis ou não modificáveis. O conhecimento do estado da população em relação a estes fatores de risco é importante para se desenvolverem estratégias de prevenção das DCV.

Os Seminários Ricardo Jorge têm como objetivo estimular a discussão sobre temas de interesse para as atividades do Instituto, para a ciência e para a saúde pública nacional e global. Promovidos pelo Conselho Científico do Instituto Ricardo Jorge, estes encontros pretendem ainda divulgar interna e externamente algum do trabalho desenvolvido, trazendo novas perspetivas, saberes e ideias que possam melhorar as atividades realizadas.

imagem do post do Seminário Ricardo Jorge “Estudo e_COR – Prevalência de Fatores de Risco Cardiovasculares na População Portuguesa”