Seminário Ricardo Jorge: Cancro do cólon em Portugal

14-12-2018

O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge promove, dia 9 de janeiro (14:30), no seu auditório, em Lisboa, um seminário sobre cancro do cólon em Portugal. Na ocasião será apresentado o trabalho de doutoramento de Rita Roquette, especialista em sistemas de informação geográfica do Departamento de Epidemiologia, que teve como principal objetivo contribuir para o conhecimento da epidemiologia espacial do cancro em Portugal continental, com particular ênfase nos padrões de distribuição da incidência e mortalidade por cancro colorretal.

Intitulado “Spatial Epidemiology of Cancer: Data types, spatial aggregation and geographical patterns in mainland Portugal”, este estudo permitiu detetar diferenças nos padrões de distribuição geográfica de incidência e de mortalidade por cancro colorretal, com a distribuição da incidência a revelar-se mais heterogénea do que a da mortalidade. Adicionalmente, observaram-se valores mais elevados de incidência e mortalidade por cancro colorretal, particularmente, nos homens em dois concelhos do centro de Portugal continental, o que parece exigir uma análise mais detalhada dessas áreas.

O seminário “Cancro do cólon em Portugal”, que tem participação gratuita mas carece de inscrição prévia, contará ainda com comentários de Ana Miranda, diretora do Registo Oncológico Regional (ROR) – Sul. A seguir à exposição deste trabalho, será também apresentado um livro sobre subtipos moleculares de cancro do cólon e possíveis abordagens terapêuticas, coordenado por Peter Jordan, investigador do Departamento de Genética Humana, e publicado pela editora Springer.

Segundo os dados mais recentes sobre a incidência de cancro divulgados pela Agência Internacional de Investigação do Cancro (IARC), o cancro do cólon passou a ser, em 2018, a primeira causa de novos casos de cancro em Portugal. Integrando todas as instituições públicas de saúde que se localizam na região de Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo, Algarve e Região Autónoma da Madeira, o ROR-Sul recolhe, processa e trata a informação sobre os casos de tumores malignos que ocorrem na população residente nestas regiões.

O Instituto Ricardo Jorge tem vindo a promover ao longo do ano um ciclo de seminários sobre ciência e saúde pública. Estes seminários têm como objetivo estimular a discussão sobre temas de interesse para as atividades do Instituto, para a ciência e para a saúde pública nacional e global, assim como divulgar interna e externamente algum do trabalho desenvolvido, trazendo novas perspetivas, saberes e ideias que possam melhorar as atividades realizadas.

imagem do post do Seminário Ricardo Jorge: Cancro do cólon em Portugal