Relatório de situação sobre diversidade genética do novo coronavírus SARS-CoV-2 em Portugal – 28-12-2020

30-12-2020

O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), através do Núcleo de Bioinformática do seu Departamento de Doenças Infeciosas, disponibiliza um novo relatório de situação sobre a diversidade genética do coronavírus SARS-CoV-2, desenvolvido no âmbito do “Estudo da diversidade genética do novo coronavírus SARS-CoV-2 (COVID-19) em Portugal”. Até à data, foram analisadas 2268 sequências do genoma do novo coronavírus, obtidas de amostras colhidas em 68 laboratórios/hospitais/instituições, representando 199 concelhos de Portugal.

Nesta nova atualização, foram inseridas mais 34 sequências com o objetivo de pesquisar a presença da nova variante recentemente identificada no Reino Unido em amostras suspeitas, incluindo amostras associadas a casos positivos de COVID-19 com historial de viagem. Entre as novas sequências agora analisadas, todas elas provenientes da Região Autónoma da Madeira, destaca-se a deteção de 21 sequências da nova variante, relativas a 18 casos de infeção.

O relatório do INSA indica ainda que duas variantes detetadas partilham uma deleção no gene S, a qual está associada à falha na deteção deste gene em alguns testes de RT-PCR, mas que “este artefacto não parece comprometer o diagnóstico laboratorial uma vez que esses testes se baseiam em vários alvos genéticos”.

Desde o passado mês de abril, o INSA tem vindo a desenvolver, em colaboração com o Instituto de Gulbenkian de Ciência, o “Estudo da diversidade genética do novo coronavírus SARS-CoV-2 (COVID-19) em Portugal”. Este projeto de investigação tem como objetivo principal determinar os perfis mutacionais do SARS-CoV-2 para identificação e monitorização de cadeias de transmissão do novo coronavírus, bem como identificação de novas introduções do vírus em Portugal.

Os resultados deste trabalho, que conta também com a participação de uma rede de mais de 60 hospitais/laboratórios de Portugal Continental e das Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores para o envio de amostras positivas, são revistos continuamente e atualizados à medida que são obtidos mais dados. Para mais informações sobre o “Estudo da diversidade genética do novo coronavírus SARS-CoV-2 (COVID-19) em Portugal”, clique aqui.

imagem do post do Relatório de situação sobre diversidade genética do novo coronavírus SARS-CoV-2 em Portugal – 28-12-2020