Presidente da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) visita Instituto Ricardo Jorge

05-10-2018

A presidente da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz, Brasil), Nísia Trindade Lima, esteve no Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, em Lisboa, para uma reunião de trabalho com o Conselho Diretivo e quadros dirigentes do Instituto Ricardo Jorge. A visita teve como principal objetivo conhecer um pouco melhor a atividade desenvolvida pelo Instituto e abordar temas relacionados com o reforço da colaboração entre as duas instituições.

Durante a reunião, foi discutida a possibilidade de aprofundar a cooperação no âmbito da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) mas também ao nível das relações bilaterais. A vigilância e resposta a emergências em Saúde Pública e a investigação e desenvolvimento tecnológico foram consideradas pelos participantes neste encontro como áreas onde a cooperação científica entre as duas instituições pode ser reforçada.

Neste sentido, foi manifestado por Fernando de Almeida, presidente do Conselho Diretivo, e por Nísia Trindade Lima a vontade de rever o atual protocolo de cooperação entre o Instituto Ricardo Jorge e a Fiocruz assim como a disponibilidade para promoverem a realização de um seminário conjunto bienal de investigação e desenvolvimento tecnológico. Participaram também nesta reunião Ana Correia, chefe de Divisão de Cooperação da Direção-Geral da Saúde, e João Paulo Lima, vogal do Conselho Diretivo do Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária.

Doutorada em Sociologia e Mestre em Ciência Política, Nísia Trindade Lima é funcionária da Fiocruz há mais de três décadas, onde ingressou em 1987 como investigadora da Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz), assumindo a Direção da unidade de 1999 a 2005. Em janeiro de 2017, tornou-se na primeira mulher a assumir a presidência da Fiocruz em 116 anos de história.

A Fiocruz é uma instituição de ciência e tecnologia em saúde vinculada ao Ministério da Saúde. Tem como missão produzir, disseminar e compartilhar conhecimentos e tecnologias voltados para o fortalecimento e consolidação do Sistema Único de Saúde, que contribuam para a melhoria da saúde e da qualidade de vida da população brasileira, para a redução das desigualdades sociais e para a dinâmica nacional de inovação, tendo a defesa do direito à saúde e da cidadania ampla como valores centrais.

imagem do post do Presidente da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) visita Instituto Ricardo Jorge