Portugal vai adquirir dois milhões de doses de vacinas contra a gripe

22-05-2020

Portugal vai investir mais de 13,6 milhões de euros na compra de dois milhões de vacinas contra a gripe, para a próxima época, mais 500 mil doses do que as que foram compradas no ano anterior, o que representa um aumento de 34%. A informação foi avançada, dia 22 de maio, pelo Secretário de Estado da Saúde, António Sales, na conferência de imprensa diária sobre a Covid-19.

O Conselho de Ministros autorizou “a despesa para aquisição de vacinas para a próxima época gripal” e “Portugal pretende adquirir dois milhões de doses de vacinas”, revelou o governante. “Trata-se de um aumento de 34% e de mais 500 mil doses em relação à última época gripal”, referiu, frisando que “o Governo pretende fazer este esforço significativo, muito além da previsão inicial que era de um aumento de 5,4% das doses, num investimento global de 13,6 milhões de euros, valor sem IVA”.

António Sales considera que a próxima época gripal será “crítica do ponto de vista potencial de carga de doença resultante de duas epidemias de doenças respiratórias em simultâneo”, a gripe e a Covid-19, que pode levar a uma maior procura de vacinas por parte dos grupos de risco e da população em geral”. “Preparamo-nos para o pior e esperamos pelo melhor. Continua a ser este o nosso caminho”, sublinhou.

Sobre a política de testagem, António Lacerda Sales referiu que já foram realizados 706.114 testes até ao momento, o que coloca Portugal como “o sexto país que mais testa depois da Lituânia, Luxemburgo, Malta Chipre e Dinamarca”. “Estamos no bom caminho do ponto de vista da testagem”, concluiu.

imagem do post do Portugal vai adquirir dois milhões de doses de vacinas contra a gripe