“Portugal Chama”: Ministério da Saúde associa-se a campanha contra fogos rurais

07-08-2019

“Portugal Chama” é o mote da campanha que visa mobilizar todos os portugueses na luta contra os incêndios, lançada pela AGIF — Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais. O Ministério da Saúde associou-se à campanha de mobilização nacional e, através das entidades integradas no Serviço Nacional de Saúde (SNS), vai passar as mensagens de sensibilização para a prevenção de fogos rurais.

As mensagens sobre comportamentos de risco, alertando que “maior parte dos fogos são provocados por comportamentos que podem e devem ser evitados” serão veiculadas nas redes sociais e meios de comunicação institucionais das diferentes instituições, bem como nos talões de vencimento dos profissionais. A campanha foi lançada pela AGIF no início do ano, antes do verão e do habitual período da época de fogos, para mobilizar para a mudança de comportamentos antes da chegada da época crítica.

“As queimas e queimadas não são aconselhadas na época de verão e têm regras para serem feitas. De facto, são responsáveis por mais de metade dos incêndios em Portugal” ou “não lance foguetes” e “não use máquinas agrícolas nos dias de risco máximo de incêndio” são algumas das mensagens que têm vindo a ser transmitidas. A campanha lembra também que “a negligência é uma das grandes causas da ignição e propagação do fogo” e que “nos dias mais graves de incêndios é impossível que os recursos operacionais cheguem a todo o lado, por isso a prevenção é mesmo o melhor remédio”.

Para saber mais sobre a campanha “Portugal Chama”, clique aqui.

imagem do post do “Portugal Chama”: Ministério da Saúde associa-se a campanha contra fogos rurais