Museu da Saúde – Peça do mês de setembro de 2018

11-09-2018

O Museu da Saúde, gerido e promovido pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, destaca como peça do mês de setembro um objeto da coleção do medicamento, associando-se assim às comemorações do Dia Internacional do Farmacêutico, que se assinala a 25 de setembro. Trata-se de uma embalagem de ácido salicílico, preparado da Farmácia Central do Areeiro.

Até à era da industrialização do medicamento, os boticários produziam todas as drogas nos seus laboratórios. O século XIX assistiu a progressos na farmacologia e química, que levaram à transformação das técnicas farmacêuticas, da produção de novos medicamentos e da forma como eles são apresentados, através do aparecimento de novos equipamentos para a produção em série, nomeadamente de comprimidos e supositórios.

Peça do Mês é uma iniciativa do Museu da Saúde que destaca, mensalmente, uma peça do seu acervo, tendo por objetivo evidenciar temas e tipologias de objetos com elevado valor histórico e científico. A par do acesso virtual, o Museu promove exposições temáticas temporárias nos espaços do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge e nas instituições parceiras.

Desde abril 2017, o Museu da Saúde mostra-se nas instalações do seu futuro espaço-sede, no antigo Serviço de Neurocirurgia do Hospital de Santo António dos Capuchos, com a exposição “800 Anos de Saúde em Portugal”, que esboça um panorama cronológico e compreensivo da história da saúde em Portugal, desde a fundação da nacionalidade até à atualidade. A mostra é constituída por cerca de 400 peças, provenientes das coleções do Museu da Saúde e de acervos de instituições parceiras.

Saiba mais sobre a peça do mês de setembro aqui.

imagem do post do Museu da Saúde – Peça do mês de setembro de 2018