Museu da Saúde – Peça do mês de julho de 2019

09-07-2019

O Museu da Saúde, gerido e promovido pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, seleciona como peça do mês de julho um recipiente graduado, em porcelana branca, utilizado em contexto de farmácia ou de laboratório. Este objeto pertenceu ao Instituto de Assistência Nacional aos Tuberculosos (I.A.N.T.), tendo sido incorporado no Museu da Saúde, em 2011, na coleção “Tuberculose”.

Apresenta uma forma cónica, com bico e pega, com escala no interior (50 a 1000 gramas). Foi produzido na Fábrica de Porcelana da Vista Alegre, fundada em 1824 por José Ferreira Pinto Basto, primeira unidade industrial dedicada à produção da porcelana em Portugal.

A “Peça do Mês” é uma iniciativa do Museu da Saúde que destaca, mensalmente, uma peça do seu acervo, tendo por objetivo evidenciar temas e tipologias de objetos com elevado valor histórico e científico. A par do acesso virtual, o Museu promove exposições temáticas nas instalações do seu futuro espaço-sede, no Hospital de Santo António dos Capuchos, nos espaços do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge e nas instituições parceiras.

Desde abril 2017, o Museu da Saúde mostra-se no antigo Serviço de Neurocirurgia do Hospital de Santo António dos Capuchos, em Lisboa, com a exposição “800 Anos de Saúde em Portugal“, que esboça um panorama cronológico e compreensivo da história da saúde em Portugal, desde a fundação da nacionalidade até à atualidade. A exposição é constituída por cerca de 400 peças, provenientes das coleções do Museu da Saúde e de acervos de instituições parceiras.

Para saber mais sobre a peça do mês de julho, clique aqui.

imagem do post do Museu da Saúde – Peça do mês de julho de 2019