Museu da Saúde – Peça do mês de janeiro de 2020

02-01-2020

O Museu da Saúde, gerido e promovido pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, seleciona como peça do mês de janeiro uma pasta que pertenceu a Ricardo Jorge (1858-1939), utilizada pelo médico e sanitarista possivelmente enquanto médico municipal do Porto, cargo que ocupou entre 1891 e 1899. Neste último ano desempenhou um papel determinante nas eficientes operações profiláticas para eliminação da peste bubónica que assolou a cidade.

Em outubro de 1899, Ricardo Jorge é transferido para a cidade de Lisboa e nomeado Inspetor-geral de Saúde e, posteriormente, professor de Higiene da Escola Médico-Cirúrgica de Lisboa. Em 1903, é incumbido de organizar e dirigir o Instituto Central de Higiene, que passaria a ter o seu nome a partir de 1929. Esta pasta de Ricardo Jorge pode ser visitada na exposição “800 Anos de Saúde em Portugal“, que se encontra patente no Museu da Saúde.

A “Peça do Mês” é uma iniciativa do Museu da Saúde que destaca, mensalmente, uma peça do seu acervo, tendo por objetivo evidenciar temas e tipologias de objetos com elevado valor histórico e científico. A par do acesso virtual, o Museu promove exposições temáticas nas instalações do seu futuro espaço-sede, no Hospital de Santo António dos Capuchos, nos espaços do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge e nas instituições parceiras.

Desde abril 2017, o Museu da Saúde mostra-se no antigo Serviço de Neurocirurgia do Hospital de Santo António dos Capuchos, em Lisboa, com a exposição “800 Anos de Saúde em Portugal“, que esboça um panorama cronológico e compreensivo da história da saúde em Portugal, desde a fundação da nacionalidade até à atualidade. A exposição é constituída por cerca de 400 peças, provenientes das coleções do Museu da Saúde e de acervos de instituições parceiras.

imagem do post do Museu da Saúde – Peça do mês de janeiro de 2020