Museu da Saúde – Peça do 3º Trimestre de 2018

09-07-2018

O Museu da Saúde, gerido e promovido pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, destaca como peça do 3º trimestre de 2018 um modelo de vetor de doença que representa uma mosca tsé-tsé (Glossina spp.), vetor da tripanossomose humana africana, comummente designada por doença do sono. Pertence à coleção do Instituto de Higiene e Medicina Tropical (IHMT), um parceiro do Museu da Saúde com o qual partilha a plataforma eletrónica InWeb para divulgação das suas coleções.

Trata-se de modelo em gesso, constituído por três segmentos – cabeça, tórax e abdómen – com estruturas complementares – asas em arame e papel vegetal, patas em arame revestido a gesso, antenas em madeira e papel de acetato, probóscide em arame e cera. Cerdas de pincel reproduzem os filamentos pilosos presentes no tórax e patas. O modelo é policromado e revestido a verniz e assenta em pé cilíndrico de metal, fixo à base retangular, de madeira pintada a preto, e revestida a cera líquida.

O objeto é parte de um conjunto de modelos de vetores de doenças e de agentes patogénicos. As glossinas, moscas tsé-tsé, ou moscas do sono, são insetos dípteros pertencentes à família Glossinidae, que apresenta um único género (Glossina) e 31 espécies e subespécies.

A “Peça do Trimestre” é uma iniciativa do Museu da Saúde, em colaboração com as instituições suas parceiras, com vista a divulgação das respetivas coleções e que destaca, trimestralmente, um objeto documentado no âmbito do inventário museológico da Saúde, nomeadamente pela Cruz Vermelha Portuguesa, pelo Instituto de Higiene e Medicina Tropical e pelo Museu da Vida (Fundação Oswaldo Cruz). Para mais informações sobre esta peça, clique aqui.

imagem do post do Museu da Saúde – Peça do 3º Trimestre de 2018