Museu da Saúde integra Rede Portuguesa de Museus

29-03-2019

O Museu da Saúde, gerido e promovido pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, passou a integrar a Rede Portuguesa de Museus, na sequência da recente decisão da Ministra da Cultura, Graça Fonseca, de aprovar a sua credenciação, em virtude do reconhecimento técnico evidenciado no cumprimento das funções museológicas legalmente requeridas para o efeito. A aprovação da credenciação do Museu da Saúde, no âmbito da Rede Portuguesa de Museus, foi publicada, dia 28 de março, em Diário da República.

Com a integração na Rede Portuguesa de Museus, o Museu da Saúde vê assim reconhecido o seu trabalho na preservação, valorização, educação patrimonial e para a saúde, assim como a qualidade técnica impressa no cumprimento da sua missão e das suas funções museológicas e educativas. A cerimónia pública de adesão à Rede Portuguesa de Museus terá lugar dia 4 de abril, no Palácio Nacional da Ajuda, em Lisboa, cerimónia durante a qual serão ainda destacados 14 outros museus, cujos processos de credenciação decorreram entre 2015 e 2019.

A Rede Portuguesa de Museus é um sistema organizado de museus, baseado na adesão voluntária, configurado de forma progressiva e que visa a descentralização, a mediação, qualificação e a cooperação entre instituições. A credenciação das instituições consiste na avaliação e no reconhecimento oficial da qualidade técnica dos museus, avaliando a realidade museológica portuguesa no respeito pelas diferenças dos museus existentes, com objetivos de reforço da qualidade e da fruição do património cultural português, em toda a sua diversidade e riqueza.

Desde abril 2017, o Museu da Saúde mostra-se nas instalações do seu futuro espaço-sede, no antigo Serviço de Neurocirurgia do Hospital de Santo António dos Capuchos, em Lisboa, com a exposição “800 Anos de Saúde em Portugal”, que esboça um panorama cronológico e compreensivo da história da saúde em Portugal, desde a fundação da nacionalidade até à atualidade. Constituída por cerca de 400 peças, esta exposição é visitável às quartas-feiras (10:00-18:00), em regime de visita livre, e nos restantes dias úteis por marcação.

O Museu da Saúde direciona o seu esforço para a promoção da difusão da cultura científica, na área das ciências da saúde e do medicamento, e na conservação do património histórico da saúde. Especificamente, o Museu cataloga, preserva e expõe espólios no âmbito da saúde e organiza exposições temporárias, potenciando o estatuto assumido pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, em inúmeras atividades desenvolvidas no cumprimento das suas atribuições.

imagem do post do Museu da Saúde integra Rede Portuguesa de Museus