MARÇO 2015

15-03-2015

Escultura Laura Ayres (busto) – Nº de Inventário: MS.ESC.02357

Dimensões: A. 60,0 cm x L. 44,0 cm x C. 34,0 cm

Busto evocativo de Laura Guilhermina Martins Ayres (1922-1992), escultura em bronze.
O busto foi cedido ao Museu da Saúde pelo Centro de Documentação da extinta Coordenação Nacional da Luta contra a SIDA (CNLCS) a 2 de Fevereiro de 2012.

Laura Ayres, especialista em Saúde Pública, evidenciou-se como virologista, médica e docente.
A sua vida profissional ficou ligada ao Instituto Nacional de Saúde Pública Dr. Ricardo Jorge, desempenhando diversos cargos como o de subdiretora do INSA, diretora do Laboratório de Virologia e diretora do Centro Nacional da Gripe. Foi ainda Presidente da Comissão Nacional da Luta Contra a SIDA.

Laura Ayres interessava-se particularmente pela investigação relacionada com as doenças Infecciosas que assolavam o país. Como tal, dedicou-se à investigação epidemiológica, nomeadamente das doenças virais evitáveis pela vacinação e outras patologias com elevado potencial epidémico (gripe, poliomielite, rubéola, malformações congénitas). Realizou também importantes estudos e trabalhos no âmbito das políticas de saúde.

No INSA, cria o Centro de Vigilância Epidemiologia das Doenças Transmissíveis (CVEDT) e desenvolve o Laboratório de Virologia, onde incrementa o diagnóstico laboratorial da infeção VIH/SIDA. É a partir do trabalho realizado no INSA e na Comissão Nacional de Luta contra a SIDA que Laura Ayres se torna numa figura relevante na luta contra esta epidemia que afecta mais de 34 milhões de pessoas em todo o mundo.

Referência: Arquivos do Instituto Nacional de Saúde, 18. 1993. Edições Recipe – Publicações periódicas, Lda.

imagem do post do MARÇO 2015