JULHO 2015

01-07-2015

Cartaz: B.C.G. Mais Vale Prevenir do que Remediar – Nº de inventário: MS.CRT.01785

Dimensões: 30,2 X 43,60 cm

Coleção da Tuberculose

1955

Cartaz do Instituto de Assistência Nacional aos Tuberculosos (I.A.N.T.) para sensibilizar a população sobre a importância da vacina da B.C.G.

Considerada como a primeira vacina do século XX, a Bacillus Calmette-Guérin (BCG) permitia imunizar contra a doença.

A BCG foi amplamente divulgada pela Associação Nacional aos Tuberculosos (A.N.T.) e suas congéneres internacionais através ações de sensibilização. A A.N.T., que em 1945 deu origem ao I.A.N.T., desde cedo percebeu a importância de informar a população e de divulgar a mensagem de prevenção da doença, desenvolvendo fortes campanhas de sensibilização através de cartazes com imagens apelativas e intuitivas, de modo a ser transmitida ao maior número de pessoas possível.

Este cartaz é ilustrado com o desenho de pessoas de várias idades e de várias regiões do país indicando que a vacinação é para toda a população. O edifício representado está identificado na fachada com a sigla B.C.G, a palavra Radiorrastreio e a Cruz de Lorena. Esta cruz de dois braços horizontais foi adotada internacionalmente como símbolo da cruzada contra a tuberculose.

Foram impressos 2000 exemplares pela Bertrand (Irmãos) Lda., em 1955.

A Assistência Nacional aos Tuberculosos (A.N.T.) foi uma instituição criada em 1899 pela Rainha D. Amélia. Na época, a tuberculose era uma das principais causas de morte no país e foi a partir dos esforços da A.N.T., em conjunto com outras associações (nomeadamente, a Liga Portuguesa contra a Tuberculose), que se conseguiu uma redução drástica da doença no século XX.

 

imagem do post do JULHO 2015