Instituto Ricardo Jorge participa no Encontro Ciência 2019

11-07-2019

O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, através do seu Departamento de Epidemiologia (DEP), participou no Encontro Ciência 2019, que decorreu, entre os dias 8 e 10 de julho, no Centro de Congressos de Lisboa, tendo este ano o Reino Unido como país convidado. A participação do Instituto Ricardo Jorge no evento teve como foco dois instrumentos de observação e vigilância epidemiológica do DEP: a plataforma online Gripenet e o Registo Nacional de Anomalias Congénitas (RENAC).

O Gripenet é uma plataforma online que permite a participação ativa da população na monitorização da gripe. Criada em 2005 e desde 2015 gerida pelo Instituto Ricardo Jorge, através do DEP, esta plataforma conta com cerca de dois mil participantes ativos, que semanalmente, de novembro a abril, registam os seus sintomas por via eletrónica, permitindo assim um registo em tempo quase real da incidência auto reportada de gripe na comunidade.

O RENAC é registo nosológico de base populacional que estuda os nascimentos com malformações, através das notificações de casos com anomalias congénitas nascidos em Portugal. Tem como objetivos a monitorização e a vigilância epidemiológica das anomalias congénitas, assim como a monitorização de agregados no espaço e no tempo e a investigação dos determinantes, consequências e medidas preventivas destas condições.

Além do Gripenet e do RENAC, que receberam feedback muito positivo dos participantes do evento, foram também apresentados no Ciência 2019 outros instrumentos de observação e vigilância epidemiológica, assim como os projetos de investigação internacional em que DEP atualmente colabora e o Programa Nacional de Avaliação Externa da Qualidade (PNAEQ). A representação do Instituto Ricardo Jorge no evento foi assegurada por Verónica Gómez e Paula Braz.

Promovido pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, em colaboração com outras entidades, o Encontro Ciência decorre todos os anos, congregando investigadores de variadíssimas áreas. Destina-se a promover o debate alargado dos principais temas e desafios da agenda científica e tem como principal objetivo estimular não só a participação como a interação entre investigadores, setor empresarial e público em geral.

imagem do post do Instituto Ricardo Jorge participa no Encontro Ciência 2019