Instituto Ricardo Jorge integra visita técnica do Ministério da Saúde de Portugal a Angola

08-03-2019

O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge integrou a visita técnica do Ministério da Saúde de Portugal a Angola, que decorreu, entre os dias 27 de fevereiro e 2 de março, a convite do Ministério da Saúde daquele país. Coordenada pela Direção-Geral da Saúde, a missão de diagnóstico integrou ainda elementos da Inspeção Geral das Atividade em Saúde, do Instituto Português do Sangue e da Transplantação, da Administração Central do Sistema de Saúde, do Infarmed, do Instituto Nacional de Emergência Médica, do Instituto de Higiene e Medicina Tropical e do Camões.

Esta deslocação teve como objetivo fazer um diagnóstico da situação nas respetivas áreas de competência, auscultar as necessidades e recolher informação, designadamente a disponibilidade financeira da parte angolana, para se poder elaborar um Plano Operacional, previsto no Memorando de Entendimento na área da Saúde, assinado em 2018.

Do programa constou uma deslocação às províncias do Kuando Kubango e do Moxico, para visitas aos respetivos hospitais centrais, considerados como unidades de referência para efeitos de formação de especialistas. Em Luanda, capital do país, para além de reuniões de trabalho com a Ministra da Saúde de Angola, foram também realizadas visitas ao Hospital Josina Machel e à Maternidade Lucrécia Paim.

Em relação à proposta de cooperação entre o Instituto Ricardo Jorge, que se fez representar nesta visita pelo presidente do Conselho Diretivo, Fernando de Almeida, e o Instituto Nacional de Investigação e Saúde (INIS, ex-Instituto Nacional de Saúde Pública), prevê-se o desenvolvimento de atividades ao nível da formação e capacitação, da gestão e organização e da investigação/vigilância epidemiológica. Entre os vários projetos a realizar, destaca-se, por exemplo, a capacitação no diagnóstico, vigilância epidemiológica e resposta à emergência e biopreparação de doenças infeciosas.

Estão também previstos projetos nas áreas da entomologia e virologia aplicadas à vigilância epidemiológica de arboviroses, da melhoria da qualidade em laboratórios de medicina laboratorial, tendo como base a aplicação das boas práticas laboratoriais, assim como da implementação de sistemas de vigilância sentinela de base comunitária e de base hospitalar.

imagem do post do Instituto Ricardo Jorge integra visita técnica do Ministério da Saúde de Portugal a Angola