INÍCIO
Áreas de Atuação
Alimentação e Nutrição
Alimentação e Nutrição

O Instituto Ricardo Jorge, através do seu Departamento de Alimentação e Nutrição (DAN), desenvolve atividades nas áreas da segurança alimentar, toxicologia e avaliação do risco, composição de alimentos, alimentação e nutrição, estilos de vida e impacto na saúde, através de investigação e desenvolvimento, vigilância, referência, prestação de serviços diferenciados, formação, informação e consultoria.

Entre as suas competências estão a promoção, a coordenação e a realização de investigação e desenvolvimento em alimentação e nutrição, identificando as necessidades e estabelecendo as respetivas prioridades de acordo com as estratégias nacionais e internacionais, nomeadamente as fixadas pelo Ministério da Saúde, que reforcem os programas nacionais e a internacionalização.

Promover, coordenar e implementar programas de observação em saúde associados à alimentação e avaliar o risco e benefício para fins do desenvolvimento de planos de prevenção e controlo da doença, assim como assegurar a recolha, compilação e transmissão à Direção-Geral de Alimentação e Veterinária, para efeitos de comunicação à Autoridade Europeia de Segurança Alimentar, dos dados analíticos nacionais relativos à composição, incluindo contaminantes e outras substâncias químicas, dos géneros alimentícios e alimentos para animais são outras das suas competências.

O Instituto Ricardo Jorge assegura ainda a função de laboratório de referência para a saúde, nos domínios da segurança alimentar e nutrição, através da implementação de novas metodologias, do estudo epidemiológico laboratorial de doenças de origem alimentar, da prestação de serviços diferenciados, incluindo ensaios analíticos, produção de materiais de referência, e da organização de programas de avaliação externa da qualidade laboratorial.

Publicações

Composição dos alimentos

A informação sobre a composição química dos alimentos serve de base à caracterização dos problemas nutricionais, à elaboração de legislação e de políticas de nutrição e ao estudo da relação entre alimentação e estado de saúde ou doença de indivíduos e populações.

A área de trabalho Composição dos Alimentos engloba as atividades de determinação analítica, avaliação e compilação de dados de composição dos alimentos, elaboração e atualização da Tabela da Composição de Alimentos (TCA), vigilância e rotulagem nutricional e metrologia da alimentação.

 

Nutrição aplicada

A nutrição aplicada tem por objetivo a promoção de atividades de investigação e desenvolvimento (I&D) associadas às doenças crónicas, nomeadamente as definidas como prioritárias no Plano Nacional de Saúde.

Nesta área de trabalho encontram-se em desenvolvimento projetos de I&D com vista à avaliação dos hábitos alimentares de grupos populacionais específicos da população portuguesa, relacionando-os com o aparecimento e progressão de doenças crónicas. Desenvolvem-se também estudos com vista a conhecer o estado nutricional, bem como para avaliar o défice de ingestão e disponibilidade de diversos nutrientes no organismo.

Segurança alimentar

A segurança alimentar é fundamental para a promoção da Saúde Pública. O Instituto Ricardo Jorge participa em projetos nacionais e internacionais que visam contribuir para a avaliação dos riscos químicos e microbiológicos associados à ingestão de alimentos.

Toxicologia dos alimentos

A Toxicologia Alimentar estuda a toxicidade de substâncias veiculadas pelos alimentos, determinando a presença, concentração e a origem do químico no alimento, fatores que influenciam o seu aparecimento e reversibilidade, bem como os efeitos nocivos na saúde do consumidor.

O tóxico presente poderá ser, entre outros, uma toxina produzida por um microrganismo, um poluente de origem ambiental, agrícola, veterinário ou industrial, um contaminante do processamento alimentar ou da migração de materiais em contacto com o alimento.

Avaliação de risco na cadeia alimentar

A avaliação do Risco pretende estudar os efeitos adversos para a saúde, que resultam da exposição do homem a perigos com origem nos alimentos.

Estilos de vida e estado nutricional

Atualmente colocam-se vários desafios à alimentação, em grande parte no que respeita à promoção da saúde e prevenção de muitas doenças crónico-degenerativas como, por exemplo, a obesidade, designadamente a obesidade infantil que afecta uma em cada três crianças portuguesas.

O Instituto Ricardo Jorge desenvolve vários projetos que pretendem contribuir para a implementação de políticas de saúde pública, que beneficiem o estado de saúde da população, enfatizando a proteção e a promoção da saúde e a prevenção da doença, nomeadamente a educação para a saúde, a vigilância nutricional e a intervenção sobre determinantes de saúde.

Alimentação e promoção da saúde

Atualmente, são colocados vários desafios à alimentação, em grande parte no que respeita à promoção da saúde e prevenção de muitas doenças crónico-degenerativas como, por exemplo, a obesidade, designadamente a obesidade infantil que afecta uma em cada três crianças portuguesas.

O Instituto Ricardo Jorge desenvolve vários projetos que pretendem contribuir para a implementação de políticas de saúde pública, que beneficiem o estado de saúde da população, enfatizando a proteção e a promoção da saúde e a prevenção da doença, nomeadamente a educação para a saúde, a vigilância nutricional e a intervenção sobre determinantes de saúde.